Tipos de fundações de prédios residenciais

Tipos de fundações de prédios residenciais

Postado dia 10/12/2018
Quando um projeto de um prédio é iniciado, uma das primeiras decisões a ser tomada é qual tipo de fundaçãoserá utilizada na construção.

Toda fundação, ou alicerce, segue o mesmo principio: estrutura de concreto e ferro, sob a terra, que distribui o peso do edifício em uma área maior do solo. O objetivo é evitar que a construção afunde, por isso, está posicionada estrategicamente abaixo dos pontos de apoio da futura construção. 
Quais são os tipos de fundações?
Como a fundação é a estrutura responsável por absorver todas as cargas emitidas e distribui-las ao solo, ela pode ser de dois tipos:
Fundações superficiais ou rasas: São aquelas em que a profundidade da escavação é inferior a 3 metros. Esse tipo de fundação é indicado para residências ou quando o solo é firme. 
Fundações profundas: São utilizadas em grandes projetos, como no caso de edifícios altos. Também é indicada para casos em que a resistência do solo é encontrada em profundidade superior a 3 metros. 
Para determinar qual fundação será escolhida, é preciso fazer uma analise geotécnica que vai analisar a composição do subsolo do terreno. Junto deverá ser feito um projeto estrutural com as cargas estruturais. 
E podemos dizer que além de serem superficial ou profunda, as fundações tem seus subtipos:
Sapata: É o elemento de concreto armado dimensionado para que as tensões produzidas sejam resistidas pela armadura, e não pelo concreto. Pode ser sapata corrida, quando recebe a carga distribuída linearmente. E sapata associada quando recebe vários pilares e os centros não estão no mesmo alinhamento.  
Bloco de fundação: É o elemento que se assemelha a um pedestal e absorve a carga e a distribui sem necessidade de armadura. 
Radier: É semelhante a uma placa que abrange toda a aérea da construção, recebendo a carga e a distribuindo ao terreno.
Viga de fundação: É o elemento comum a vários pilares, com centros no mesmo alinhamento.
Estacas: Tem grandes comprimentos e seções transversais. Podem ser de madeira, concreto pré-moldado, concreto moldado e aço.
Tubulões: É o elemento de fundação profunda, em que muitas vezes na etapa final, o operário desce. Pode ser de concreto ou aço.
Caixões: É o elemento concretado na superfície e instalado por escavação interna.
Todos os projetos realizados pela Construtora Pulcinelli tem o cuidado na hora da escolha da fundação. Veja algumas das fotos do nosso projeto, o Residencial Siena, que ainda está em construção.

Quer conhecer o apartamento decorado? Acesse nosso site e veja as imagens ilustrativas!